Mais uma vitoria para Luciana!!

Título da Matéria

Estão Miguel e Tereza ao lado de uma Luciana com cara de quem fez arte ou aprontou alguma. Mandou chamá-los porque tem uma grande novidade para contar, uma surpresa – a melhor dos últimos tempos. Por isso os dois vêm com uma rapidez incrível e estão mortos de curiosidade.

Mas ela mantém o mistério até que os dois estejam juntos bem diante dela.  A expressão do seu

 
rosto é boa e inclui um sorriso. Para Miguel, já é mais que suficiente. Mas Luciana tem algo mais interessante pra contar. Ela pede atenção: “Olhem para mim, para meu braço”. 

 

E então, com certo esforço, Luciana levanta lentamente o antebraço. Tereza e Miguel veem aquilo quase como uma benção e seus rostos se iluminam. “Que maravilha!”, diz Tereza. “Que progresso, sensacional!”, conclui Miguel.

 

 

 
E os três juntos comemoram numa felicidade indescritível. É um passo pequeno, mas determinante.

Eta Isabel, e Renata!!!

Título da Matéria

Essa Isabel é mesmo diferente. Fala o que quer, a hora que quer, e se vangloria de ser a mais sincera das pessoas na face da Terra só porque diz o que pensa. A sinceridade, no caso dela, está acima de qualquer ofensa, de qualquer indiscrição que venha a cometer. Quer um exemplo?

 

 
No refeitório da faculdade, as amigas estão de papo – entre elas Isabel e Renata. Isabel comenta sobre o “gato” que conheceu e a conversa descamba para médicos em geral e depois pra Miguel especificamente.

 

 

 

 

 

 

 
Então Isabel, a língua solta e cheiinha de veneno, começa insinuar que a atenção que o namorado de Renata tem dispensado à Luciana é muito maior que uma simples relação profissional e, pode, segundo ela, se transformar numa paixão. Claro que isso é apenas um pequeno resumo do que Isabel fala.

 

 

 

 

 

 
Mas Renata, que já não anda boa, explode e atira um colo d’água no rosto de Isabel. Aí começa o bate-boca. Curioso pra saber como termina? Ah, não perca o capítulo de hoje!

Iche, coitada da Elllen!!!

Título da Matéria

Numa das visitas que fazem à irmã no hospital, no instante em que saem para um café, Isabel e Mia acabam esbarrando com o doutor Ricardo, que, como sabemos, é um rapagão muito bem apessoado.  E aí, convidamos você a um exercício de adivinhação. Qual das duas dá em cima do médico? Fácil? Mas guardemos um pouco mais esse suspense.

 

 
Nenhum lugar pra sentar, exceto na mesa em que Ricardo está. Então, gentilmente esse oferece seu lugar. Está de saída, diz. Mas as moças fazem questão que ele fique, afinal a mesa é dele. Começam a conversar. O papo é gostoso, flui. Ricardo ri bastante com as tiradas de uma delas, a mais divertida, a mais maliciosa. Você já imagina quem.

 

 

 

 

 

 
De repente, Mia se levanta e sai. Pronto, o caminho está aberto pra mais uma conquista de Isabel. Um tempinho e os dois já estão íntimos, trocam telefones, email, tudo.

 

Ellen chega a tempo de ver o finalzinho do papo, o suficiente pra perceber o quanto Ricardo está empolgado com a nova amizade. Dali em diante, ela fecha a cara e vai descontar tudo no namorado (ou seria ex-namorado?). Ariane é quem define a situação: “Dor de cotovelo”.

Eta Sogrinha chata, soh!!

Título da Matéria

Paulina não suporta mais ver a vida que o filho tem levado morando com Laís e sua família.

Mesmo diante da nora e seus pais, ela tenta convencer Caco a largar a mulher:

“Bota juízo na sua cabeça, Caco! Você não tem nada a ganhar aqui com esse bando de desbotados. Volta a viver comigo, vem administrar as nossas empresas!”.

O rapaz, no entanto, afirma que não pretende ficar dependendo da mãe, que não economiza na hora de criticar a família de Laís:

“Quando você saiu de casa pra se aventurar pelo mundo - até guia na áfrica você foi! - eu entendi o seu gosto por desafios. Mas isso aqui é que é vida selvagem. E eu não quero isso pra você!”.

Ideia de Gustavo deu certo!!!

Título da Matéria

Tudo indica que a ideia de Gustavo de investir em Davi para salvar a Aromas vai dar certo. Depois de ir à casa de Rose e descobrir a possibilidade de produzir o maravilhoso perfume da assistente, Davi vai ao encontro de Alcino na Aromas para fazer uma proposta ao empresário. 

 
Davi mostra para Alcino a fragrância de Rose e explica sua ideia: “Uma linha de perfumes baseada nessa fragrância natural. Eu podia retrabalhar esse perfume, criar uma fragrância nova para ser lançada pela Aromas. Você topa?” Alcino diz que vai pensar na proposta. Mais tarde, quando Rose chega em casa, já tem a boa notícia para dar para Gustavo: “Você nem imagina! O seu Alcino bateu o martelo. O seu Davi vai criar uma linha de perfumes e cosméticos baseada no meu perfume. Ele topou!”

E o unico Jeito!!!

 
Aos poucos, os alunos vão chegando. Livramento espera que seus pupilos se arrumem à sua frente. Atrás deles, há uma enorme caixa de papelão. Depois de cumprimentá-los, Livramento começa a explicar a situação: “Como todos já devem estar sabendo, tivemos recentemente um caso de transmissão de DST entre dois alunos que, apesar dos nossos repetidos avisos, não usaram camisinha”

Nesse momento, todos os estudantes fixam seus olhares em Bernardo e Marcela, que ficam totalmente sem graça. Livramento continua: “Por conta disso, vários pais nos ligaram pedindo que tomássemos providências a fim de impedir que fatos como esse se repitam”.

 

 

“Nós, da direção do colégio, estudamos seriamente o problema e chegamos à conclusão que a solução pode estar aqui, dentro desta caixa”, termina o diretor do Primeira Opção. Os alunos olham para o objeto, incrédulos. Na verdade, o diretor, depois de saber sobre o caso de Bê e Marcela, havia encomendado uma grande caixa de camisinhas para distribuir gratuitamente aos alunos de seu colégio..

 

Pegou no Flagra!

Título da Matéria

Imagina só quem Betina convida para um jantarzinho íntimo? O campeoníssimo da luta livre, o simpático Marcelão, e sua consorte, Malu Trindade.  Gustavo tenta não dar bandeira, mas fica óbvio, a partir do momento em que o sujeito pisa na sua casa, que aquela visita é indesejada. Mas ele não canta muito de galo não, primeiro porque não pode chamar a atenção da esposa, segundo porque não quer levar umas bordoadas do cara.

 

 
Então, é obrigado a ouvir as piadas de Betina e as risadinhas de Malu e do namorado. Lá pelas tantas, Malu sai da sala e Gustavo então resolve ir atrás, tirar satisfações. No corredor, eles discutem: “Você trouxe esse cara pra me provocar”. Mas logo essa discussão vira atração.

 

 

 

 

 

 
Aí, de repente, num impulso incontrolável, ele enlaça Malu e tasca-lhe um beijo daqueles cinematográficos. Nessa hora, não existe amanhã , nem mais ninguém no mundo – só Malu e sua boca carnuda de onde flui o mais perfeito economês.

 


 

Não lhe passa pela cabeça que a mulher possa aparecer ou a filha ou, quem sabe... A empregada! Mas é exatamente o que acontece. No clímax do chupão, a mocinha passa toda serepele e vê tudo. O rosto dela imediatamente se ilumina. Não diz nada além de um lacônico “o jantar está servido”.

Mas fica óbvio que Cida vai usar aquele flagra como um trunfo. Quem sabe não descola umas bonificações no salário?

Sera que o Pedido de uma filha, e uma ordem???

Título da Matéria

Depois que acaba a festa da sua mudança para o quarto, tendo deixado a UTI e o pior da crise para trás, Luciana pede que o pai permaneça. Quer ter com ele uma conversa em particular. O assunto é a gravidez de Helena. Ela conta que ficou sabendo da novidade através de Osmar. Marcos, um pouco sem jeito, confirma tudo e fala que, por estar se sentindo um pouco culpada com tudo que aconteceu, Helena resolveu passar um tempo em Búzios.

L
 
uciana percebe uma certa hesitação no pai e pergunta: “Você está feliz?”. Ela sabe que não haveria motivo para o contrário, afinal ele queria tanto esse filho. Marcos diz que sim, que está feliz, mas que o momento é difícil e a atenção dele está totalmente voltada para ela, Luciana.

 


 

 

 

 

 

 
Luciana, então, dá uma demonstração clara do quanto cresceu desde que sofreu o acidente: “Não quero que você seja infeliz. Se Helena faz você feliz, que seja com ela. Seja com quem for, com ouo sem filho, prometa que vai ser feliz”.

 


 

 

 

 

 
Marcos sorri, relaxado. Entendeu exatamente o recado. 

Casamento de Jorge e Luciana!!

Título da Matéria

Ela já não era lá muito fã de um casamento que colocava a carreira do filho Jorge em segundo plano. Um amor cheio de condicionais, de uma mulher tão imperativa quanto moderna, que valorizava mais a carreira e liberdade do que a dedicação ao marido e jamais se sujeitaria ao papel de esposinha angelical e submissa. Mas agora, que Luciana está tetraplégica, sem perspectivas de melhora imediata, Ingrid já tem uma opinião formada sobre esse casamento: "É uma canoa furada, um buraco negro".


Mal sai do quarto, depois de uma primeira visita – e de ter uma péssima impressão do estado de Luciana –, Ingrid vai pressionar o filho pra que ele abra os olhos e não se meta no que ela chama de armadilha: “Foi isso que você pensou pra sua vida, sua felicidade, seu futuro?”. E despeja sobre Jorge todos seus temores. Pra ela, casando-se com Luciana, Jorge sela pra si um futuro desastroso, em que a única conseqüência será a infelicidade eterna.

 

 

Jorge fica nervosíssimo com a pressão da mãe: “O que você que devo fazer? Cair fora como um canalha?”. Ingrid acha que sim. Não como um canalha, mas simplesmente desistindo do que ainda não aconteceu. Eles não se casaram ainda, não assumiram compromisso. Engano dela. Jorge já assumiu compromisso com Luciana e com a mãe dela. Quando descobre do papo que Tereza teve com ele, Ingrid fica indignada: “Chantagem”.  Aí, de repente, Jorge explode e revela toda sua fragilidade: “Tenho vontade de fugir, desaparecer pra sempre”.

 


Queira ou não, o grão da dúvida já está crescendo dentro dele.

Desvendando o Passado de Dafne!!!

Título da Matéria

O acidente que vitimou fatalmente os pais de Dafne na África aconteceu há muitos anos, quando ela era ainda uma menina.

“Eu me lembro de quando tive a notícia, foi doloroso.

Mas o senhor cuidou muito bem de mim”, afirma a loura para Jacques.

Apesar de já vir investigando o caso há tempos, só agora o empresário começa a desvendar o que realmente causou o desastre.

“Pouco depois do acidente dos seus pais, eu mesmo sofri dois acidentes que poderiam ter sido fatais. E comecei a pensar que não era coincidência. Que o acidente dos seus pais... Poderia ter sido planejado”, ele lembra.

 

 

 

Jacques afirma que, desde então, se cercou de cuidados e protegeu a neta também.

Ele conta ainda que, quando voltou para a África, da última vez, pagou uma nova investigação porque pareciam ter surgido novos dados.

E, de acordo com o relatório que acaba de receber, suas suspeitas são comprovadas: houve um mandante por trás de tudo!

Agora, só falta o nome do responsável por essas mortes e pelos atentados contra a vida de Jacques. Mas isso logo será resolvido. O milionário avisa que um amigo, diretor da agência de investigação, está vindo para o Brasil e vai lhe dar todas as provas que faltam, inclusive o nome do culpado!

“(...) Mal posso esperar por esse dia! Eu não vou deixar esse culpado sem uma punição!”, Jacques garante.

o saber que o cachê será dobrado, ela aceita pagar mico em um novo comercial

 
Rita está insegura quanto a aceitar fazer o próximo comercial. Esquecer o mico que pagou no primeiro é difícil para ela. A jovem pergunta à produtora Guerrinha como será esta segunda filmagem. Guerrinha começa a explicar

“É tudo muito simples: primeiro tem um apresentador que fala das vantagens de se pegar dinheiro emprestado com a financeira “Toma Lá, Dá Cá”. Depois ele diz assim: ‘faça como Rita, saia do buraco!’ Aí você aparece saindo de um buraco com uma grana na mão e faz um sinal de ok pra câmera. Moleza, né?”.

Rita e Maria Cláudia ficam um pouco constrangidas com a explicação da mulher à sua frente. Rita acaba soltando: “Moleza porque não é você que vai pagar esse micão, né?”. Guerrinha, então, fala a frase que faz a aluna mudar radicalmente sua opinião: “Mico nada, Rita! O cachê desse comercial é o dobro do anterior”.

Rita se deslumbra: “O dobro?! Tá falando sério?!”. Guerrinha responde que sim e pergunta se já pode começar a gravar. Rita olha para Maria Cláudia, já decidida: “Fazer o quê, né?... O dobro...”.

O Troco!!!

Título da Matéria

Distribuir o dinheiro entre o povo é a gota d’água!

Indignado com Milena, Nicholas procura Judith e autoriza Edgar a armar uma falsa traição da mulher.

“O contrato de casamento é claro. Se um parceiro trair o outro, o traído pega a indenização. Edgar, você tá disposto mesmo a armar uma situação pra parecer que a Milena me traiu, e eu pegar a grana?”

Como será que Milena vai se sair dessa?

Rumo a falencia!!!

Título da Matéria

O escândalo causado por Severo na Aromas vai ter um impacto muito maior do que se poderia prever.Apesar de Alcino ter tentando contornar a situação, as vendas vão cair tanto que a empresa chegará perto da falência.

Primeiro Alcino descobre que os operários estão ameaçando entrar em greve por causa de atraso no pagamento. Ele se reúne com os funcionários e consegue fazer um acordo. Alcino vai tirar satisfações com Severo, que é o responsável pelo financeiro da empresa. “As vendas diminuíram muito nos últimos tempos, você sabe... Eu tive que investir pesado na nova linha de perfumes e cosméticos, e nós acabamos ficando sem caixa, entende?”, o pai de Verônica explica. Alcino fica furioso e exige ver os livros caixa. Quando examina as contas da empresa, Alcino descobre que a Aromas está perto da falência.

Juju se prontifica a avisar Tati sobre o cumprimento

 
Juju quer saber de Samira o que ela disse para Tati. “Samira, o que significa aquela palavra que você falou pra Tati?”, pergunta ela. Samira se prontifica a explicar: “Qual? Salamaleikon?”. Juju afirma que sim e pergunta se isso é algum tipo de ameaça ou algo do gênero

Samira ri da aluna e explica que a palavra é um cumprimento muçulmano que quer dizer “que a paz de Deus esteja com você”. Entendendo a mensagem, Juju fica meio sem graça: “Ah, é isso?! A Tati tá griladíssima, achando que você fez uma ameaça gravíssima pra cima dela!”.

Samira faz um sinal negativo com a cabeça, tentando entender o por que de Tati a ter interpretado dessa maneira: “Que besteira! Eu não ameaço ninguém. Pode contar pra ela...”. Juju, sabendo do gênio difícil de Tati, avisa: “Vou contar! Mas outro dia. Deixa a Tati sofrer mais um pouquinho. Aquela garota é muito metida!”.

Marcelao e Gustavo, acabaram em tv no colo!!

Título da Matéria

Será que Gustavo não vai desistir de Malu, agora que ela está namorando o lutador de vale-tudo? Pelo jeito, não. O cara é mesmo insistente e não tem medo do perigo. Numa atitude quase suicida, ele vai à casa da apresentadora disposto a tirar satisfações por ela ter escolhido ficar, como ele diz, com um troglodita e não com ele.

 

 
No meio do papo,quando os dois estão quase se beijando, o cara aparece. Sem camisa, os músculos ultra desenvolvidos opressivamente saltando da pele, Marcelão vem saudá-lo. Gustavo fica sem graça e por uns dois segundos que parecem uma eternidade sente a mão esmigalhada num cumprimento peso-pesado - gentilezas de lutador. Pra explicar a presença de Gustavo ali, àquela hora do dia (é de manhã cedo), Malu inventa que Gustavo veio buscar uns papéis.

 

 

 

 
Marcelão relaxa e aproveita pra pedir um favorzinho a Gustavo, uma mãozinha num curto na TV. Só que ele não quer ajuda como eletricista; quer que Gustavo segure a TV por uns instantes. Olha aí a cara que o Gustavo faz quando Marcelão larga a TV no colo dele! Malu, claro, morre de rir. Não era Gustavo que dizia que precisava malhar? Pois aí está a oportunidade.

Adeus UTI!!!

Título da Matéria

A boa notícia, como diz Luciana, vai ser quando ela souber que poderá voltar a andar. Mas ainda assim, ser transferida de uma UTI fria, em que só enxerga o teto, para um quarto com mais conforto, cama reclinável e uma decoração, digamos, mais humanizada já um progresso considerável. Quando finalmente acontece - no capítulo desta quarta - isso traz uma sensação de alívio pra ela e pra toda família.

 

 
Vaidosa, antes de receber a família, Luciana pede parar checar o visual. Miguel traz um espelho e como ela não pode segurar, ele segura pra ela. Um pouco surpresa e emocionada, Luciana admira-se por uns instantes: “Meu rosto. Há quanto tempo não me vejo”. Impossibilitada de se acarinhar, Miguel o faz por ela. É um momento de muita emoção.

 

 

 

 

 

 
Ela gosta, mas se choca tão logo vê a cicatriz na altura do pescoço. Dr. Moretti tenta acalmá-la dizendo que a marca, com o tempo, vai sair. Mas Luciana quase não ouve o médico. Seu pensamento está voltado pra quando voltar a exercer a profissão: “Como vou fotografar com essas marcas no pescoço”.

 

 

 

 

 

 
No quarto, a família toda está à sua espera. Uma comitiva que se esforça para transmitir confiança e bem estar à modelo. Jorge se aproxima com flores, as irmãs com sorrisos, os pais com muita fé e amor, Ingrid, Miguel, Moretti com palavras doces ¬- todos tentando animar quem não consegue esquecer o mau humor. “Fico pensando se não é uma maneira que Deus encontrou de me castigar”, Luciana diz se referindo a uma vida de desejos realizados que sempre teve.

 

 

 

 

 
O clímax da ida para o quarto é quando ela fica na posição inclinada, na cama, mas logo sente-se mal, tonta, e pede para voltar a posição antiga. É a deixa para que aquela visita se encerre, comunica Miguel.

Deixa de dar Bobeira Isabel!!!

Título da Matéria

Não sabemos qual o prazer sórdido que Isabel sente vendo e revendo as imagens da irmã e seus amigos em Petra, mandando felicidades para a mãe – vídeo que ela deliberadamente ocultou de Tereza e dos convidados na festa de aniversário dela. Não sabemos qual é exatamente o interesse e o motivo que a leva a fazer isso várias vezes, numa compulsão quase obsessiva.


 
Mas, seja lá qual for a razão, Isabel, a filha mais invejosa, há que tomar muito cuidado para não ser flagrada nesse pequeno delito. Sim, porque, com toda a esperteza que julga ter, ela deveria saber que se arrisca muito em deixar o vídeo aberto na tela do computador enquanto faz suas coisas no quarto.

 


Imagine se, por acaso, Tereza entra e descobre tudo? 

Samira e Tati!!

 
Tati está nervosa. Ela sabe que Samira estuda na mesma sala de Reco e tenta arrancar do caroto alguma informação dele que preste! Na verdade, a morena está com muito medo da muçulmana e acha que Samira pode estar planejando algo de ruim contra ela..

“Você acha que ela pode ser uma dessas malucas que são zoadas pelos colegas e depois metralham todo mundo no colégio?”, pergunta ela. Reco quase ri da pergunta de Tati: “Caraca! Vocês foram longe agora, hein?! Já vi muito desses lances em colégio nos Estados Unidos, mas no Irã, nunca ouvi falar...”.

Bia tenta explicar as perguntas da amiga: “É que a gente acha que a Samira jurou a Tati de morte. Ela falou uma palavra horrível pra minha amiga. Como é que foi mesmo, Tati? Salama...”. Tati emenda: “Era alguma coisa por aí... Salamaloki, salamalen...”. Antes de sair fora, Reco dá uma zoada na dupla, que fica indignada: “A Samira jurou a Tati de morte?!... E vocês ainda acham que eu é que sou o maluco?! Ah, dá um tempo!”.

Jorge e Luciana!! e um casamento!!!

Título da Matéria

Sabemos que Tereza, assim como várias outras mães, tem um sexto sentido no que se refere à Luciana. Já tivemos alguns exemplos de que as duas parecem interligadas por um elo mágico, invisível, que faz Tereza sentir ¬– ou pressentir – quando algum mal assola ou ronda a filha preferida.  Dia desses, ela aparece no escritório de Jorge com uma história esquisita. Chama o arquiteto para uma conversa em particular e diz que teve um sonho que a impressionou muito, um dos mais reais que já tivera na vida. Era um sonho sobre o amor incondicional que Jorge jurara ter por Luciana, o compromisso dele de não abandoná-la em hipótese nenhuma e a promessa que fizera de se casar com ela o mais rapidamente possível.


 
Mas ao contrário do que Jorge lhe dissera com ímpeto e brios de quem abre com sinceridade o coração, no sonho Jorge não se casava coisíssima nenhuma com Luciana. Pelo contrário. Aos poucos o interesse dele ia diminuindo, diminuindo até desaparecer por completo. E essa é a razão de Tereza estar ali, para saber de Jorge, mais uma vez, se o que dissera é mesmo verdade: vai casar-se com Luciana mesmo que ela esteja destinada a viver pra sempre numa cadeira de rodas? “Por que se, no fundo do seu coração, existe algum grãzinho que seja de dúvida...”

 


 
Jorge engole em seco. Sabe que Tereza não é e nem está de brincadeira. Por isso responde rápido, reafirmando todas as promessas que fez por Luciana. Isso porque, mesmo que exista  como disse Tereza “um grãozinho de dúvida”, melhor varrê-lo logo pra de baixo do tapete e deixar que o desenrolar das coisas dêem cabo dele.

Gravidez!!

 
Um tempo se passa na novela e logo, logo a gravidez de Dafne já vai ficar evidente!

 

Enquanto se arruma para a grande exposição de Xico, a loura já exibe uma barriguinha que nem o vestido preto consegue disfarçar.

Que Golpista!!

 

Título da Matéria

Roberto é mais malandro do que parece. O modelo não vive apenas dos golpes que Verônica encomenda para ele e sim articula seus próprios golpes. E o principal deles está relacionado ao avô do próprio modelo, Waldemar.

Tudo indica que Roberto abandonou o avô na casa de repouso onde moram Julieta e Ferdinando para roubar o dinheiro da aposentadoria dele. Escondida, Verônica flagra o amante em ação. Ele coloca um disfarce de idoso, entra no banco, se apresenta como Waldemar, e pega o dinheiro da aposentadoria.

A mãe de Marcela o acusa de ter passado DST para a filha!

 
Livramento chama Bernardo para sua sala no meio da aula. O rapaz estranha. O que será que o diretor iria quere com ele? Quando chega ao local, Bernardo se depara com Marcela e Salete, mãe da jovem com quem ficou na festa em sua casa

“E aí, Livramento? Tava querendo falar comigo?”, pergunta ele ao diretor, não querendo formalizar qualquer tipo de contato com Marcela e sua mãe, que o olham de maneira bizarra, como se estivessem fuzilando o jovem com seus pensamentos.

Livramento avisa: “Eu não queria falar com você. A mãe da Marcela é que quer...”. Percebendo a saia justa em que está, Bernardo só espera pela bomba cair sobre sua cabeça. E ela sai exatamente da boca de Salete que, iradíssima, dispara contra o algoz de sua filha: “Então foi você que passou doença pra minha filha, seu marginal?”.

Indignada, a senhora à frente de Bernardo refere-se ao dia da festa em que ele ficou com a filha dela e, depois disso, foi diagnosticado com blenorragia, a popular gonorreia.

Ele pode tirar a Aromas, do buraco!!!

Título da Matéria

Ao descobrir que a Aromas está mal das pernas por causa do escândalo provocado por Severo, Gustavo vê em Davi a solução para salvar a empresa. Ele se lembra dos momentos em que humilhou o irmão, dizendo que ele nunca seria um bom perfumista: “Eu menti. Tive medo do talento do Davi. Do que podia acontecer comigo, se as pessoas descobrissem o quanto ele era genial. Eu não queria ficar em segundo plano!”, ele conta para Rose.

Mas Gustavo está decidido a reparar seu erro. Ele diz para Rose que seu plano é fazer com que Davi lance um novo perfume para tirar a Aromas do buraco.

Carlos, o destruidor de casamentos!!!

Título da Matéria

Homens, escondam suas mulheres, namoradas, casos e paqueras! O terror dos casamentos e conquistador implacável Carlos, o galã onipresente, está por perto! Aqueles olhos verdes de quase dois metros, que já assombraram Marcos em Paris, quando ele vivia todo o romantismo de sua lua-de-mel com Helena; que já fizeram Gustavo pagar (mais um) mico na academia, quando estavam de papo com Betina, no Rio; agora vão fazer tremer Jorge no hospital em que Luciana está internada.


 
Sim, o sisudo e impenetrável Jorge vai suar de ciúmes quando vir Carlos perguntando por Luciana na recepção do Santa Terezinha das Rosas. Ele está de passagem quando ouve o bonitão pedindo informações sobre a sua namorada. Jorge, então, se aproxima e já desconfiadíssimo se oferece para ajudar. Ao encarar Carlos de frente, súbito lhe espocam na memória aquelas fotos que tanto sofrimento lhe causaram assim que Luciana começou a mandar notícias da viagem. À medida que Carlos fala, uma azia começa a incomodar Jorge a partir da boca do estômago.

 


 
Não há dúvidas: é o mesmo cara que sorria íntimo ao lado de Luciana naquela boate em Paris. As poses, ele viu e reviu umas dezenas de milhares de vezes na tela do seu computador. Com aquela secura que lhe é peculiar quando está incomodado, Jorge trata de despachar o visitante ¬– tudo dentro da civilidade ¬¬– dizendo que as visitas não são permitidas (o que é verdade).

 


 

 

 

 
Carlos entende e se despede. Ingrid chega a tempo de vê-lo de longe e descobre que o bonitão da academia está mais próximo do círculo de amizade deles do que se pensava. Será que os maridos vão gostar da novidade? 


Ciumento, para de ser tao ciumento!!!

 

Título da Matéria

Benê está de volta. O bandidinho resolve aparecer, fazer uma vista surpresa pra Sandrinha. E vem no mesmo estilo de sempre. Feito um gatuno, surge das sombras, sem barulho, sem ser visto por ninguém. Quando, tarde da noite, Sandra entra no quarto e vê que o filho não está no berço, de repente se assusta.

Mas volta-se e vê sair da penumbra o namorado misterioso, com José no colo. Em vez de brigar com ele, Sandrinha se desmancha, morta de saudade. Em dois segundos, já estão aos beijos e amassos, rolando pela cama.

 

 


De repente, o celular dela toca. É Flavinho. Benê logo se empomba: “É o palhaço que dá em cima de você”. Sandra explica que ele é apenas um amigo, mas Benê não é bobo, desconfia. Mas ela desliga o celular e acalma o cara: “E daí, o que importa? Eu gosto é de você”.

 


 

 

 

 

o argumento convence Benê e eles voltam ao que faziam. Por enquanto, é claro.

 

 

Gravidez no ar!!

Título da Matéria

Desde que chegou, Paulina vive às turras com Zoraide.

Farta de tanta birra entre as duas, Laís perde a paciência e dá um basta durante uma das discussões.

Mas a mulher de Caco começa a sentir algo estranho e acaba desmaiando!

Ernani faz um exame rápido na filha e dá o diagnóstico:

“Bonequinha, ao que tudo indica, você... Tá grávida!”, ele diz, para a alegria da filha.

Iche, Casamento no ar!!!

Título da Matéria

As últimas atitudes de Gabrielfazem Dafne refletir ainda mais sobre sua situação.

Com medo de criar mais um filho sem o pai, ela procura Vicente e anuncia sua decisão:

“(...) Eu tenho que dar o melhor pra essa criança que não tem culpa de nada. Vicente, eu pensei muito, se você aceitar as minhas condições de não me tocar, não beijar, de não tentar um contato físico antes em respeito à minha gravidez...”, ela diz e é interrompida pelo advogado, que confirma aceitar as condições da amiga.

Dafne, então, continua:

“Eu aceito a sua proposta. Vamos criar juntos essa criança e, quem sabe aprendemos a nos amar”.

Festa Melada!!

 
No Roller, Bernardo e Cristiana dão um baita esbarrão um no outro e os dois vão ao chão! Beto, Bia, Tati e Victor chegam junto para ver o se alguém se machucou. Outros patinadores na pista também vão parando para ver o que aconteceu

Com raiva, Cris empurra Bernardo, que cai novamente ao seu lado. Ela alfineta: “Tão mal-educado que deu uma festa em casa e não convidou os próprios pais. Feio, né? Ainda bem que eu sou uma pessoa educada e mandei um convitinho expresso pros coitados”.


 

Na hora em que Crsitiana acaba a frase, a ficha cai para Bernardo: “Então foi você que melou a nossa festa, né?”, pergunta ele, em um tom bastante indignado. Com a maior soberba, ela completa: “Os seus pais devem ter adorado, né? A festa tava tão boa...”. Bernardo mal consegue se segurar. Sua ira é enorme!

 

Cissa e Paulo Roberto acabam com a festa!

 
A festa de Bernardo está pegando fogo! O pessoal pula de um palco improvisado em cima da galera que curte a música. É quando entram pela sala, horrorizados, os pais do anfitrião!

Cissa e Paulo Roberto olham a cena em sua própria sala. Os dois começam a gritar, mas parece que ninguém os escuta: “Paaaaaara! Para tudo! Pode parar!”. Cissa desliga o som ao mesmo tempo que Paulo acende as luzes. Os festeiros sentem aquela falta e a galera vaia.

 

 
 Reco, que não tem a mínima noção de quem se tratam os dois mais velhos no meio da molecada os aborda: “Pô, coroa, liga o som aí!”. Cissa fica indignada e pergunta ao garoto, que lhe parece o mais insolente: “Você me chamou de quê, moleque?!”. Ela está furiosa. Cris e Victor assistem à tudo de longe, rindo. Depois de identificar o que está acontecendo, Bernardo fica morrendo de medo...

Jantar Romantico!!!
 

 
Título da Matéria

Amassa, pica, corta, cheira, bate, acende, prova... Hummm! De repente, flagramos Renata num vai-e-vem frenético que, cá pra nós, é completamente inédito. Metida na cozinha, feito uma dona de casa comum, ela se desdobra na tentativa de preparar um prato especial. Será que endoidou? imagina só se é dada a coisas do gênero! Se comer já não é do seu feitio, imagine cozinhar. Mas é justamente o que ela faz - tudo por uma causa nobre: agradar Miguel.


 

Renata convida o namorado para vir à sua casa avisando que tem uma surpresa pra ele. Mas não é só o prato que leva horas pra cozinhar. Quando ele chega, ela está arrasadora, num vestido elegantérrimo. E não fica apenas no vestido. Capricha também na maquiagem, no cabelo e no olhar sensual.


 

 

 

 

Miguel bate na porta e nem acredita. Não parece a Renata que ele conhece. Mas é ela mesma, só que numa versão ultrafeminina. Ele vê a mesa posta, o clima romântico, e fica supersatisfeito. Mas enquanto ela dá os retoques finais antes de servir, ele acaba dormindo no sofá. Não é desfeita. É que passou a noite inteira em função de Luciana e agora está cansadíssimo.  Renata fica desapontada, mas não desiste. Acorda o namorado e janta com ele.


 

 

 

Bem, janta não é exatamente o termo. Belisca seria mais adequado. Ela está tentando mudar, mas pra ela não convém exagerar.

O vale tudo e o vale nada
 
Título da Matéria

O cara dá dois dele, em altura e largura. E tem a mão forte dos que estão acostumados a esmigalhar adversários nos ringues. É um sujeito que jamais chamaria a atenção de Gustavo exceto por um motivo: é o namorado de Malu. Sim, ele não acreditava que fosse verdade, mas o tal lutador de vale tudo existe mesmo.

Numa noite, o cara entra com a apresentadora no restaurante em que ele está com Betina e a prova

 

se materializa bem diante do seu nariz, em carne, osso e exagero. Pernas cruzadas e com um vestido matador, Malu fica de longe jogando charminho, provocando. E até Betina se assanha e pede pra conhecer o brutamonte. Ele vem, todo simpático, esmaga os dedos de Gustavo e ainda beija a mão da sua mulher como se fosse um príncipe consorte. Agora, o melhor que Gustavo faz é ficar sossegado no seu canto. Imagina se ele se engraça pra cima de Malu? Ganha-lhe uma tapona que vai parar no beleléu, não é?

Dora quer casar comigo?
 
Título da Matéria

Essa história da Dora com Maradona está ficando séria. O cara não é de forçar a barra, mas com aquela conversa mansa, aquele sotaque caliente de argentino e um discreto charme da meia idade, ele tem conseguido conquistar, se não o coração, pelo menos o respeito e a admiração de sua musa. Não só pelo carinho e cuidado que ele dispensa à Dora, nas palavras e nas atitudes, mas pela feito positivo que presença de um homem mais velho tem feito na vida de Rafaela. Sem querer, Maradona está assumindo o papel de pai que a menina tanto queria. E ela nunca esteve tão feliz.

 

 

Numa bela tarde de calor em Búzios, ele leva Dora e a filha para um piquenique e a interação entre eles é evidente. Maradona se diverte, joga bola com Rafaela e ri, como uma família.  Mais tarde, nesse mesmo dia, ele puxa do bolso uma caixinha pequena, um anel, e dá de presente à Dora com uma proposta. Quer se casar com ela.

 

 

 

 

 

Dora hesita por um instante, mas não aceita, nem o anel, nem a proposta. Pelo menos naquela hora. Mas promete que vai pensar com carinho. Se pensar muito, e ouvir o conselho dos amigos, olha: ela é capaz de aceitar, não acham?

Sera o fim de Severo???
 
Título da Matéria

Depois que Alcino exige que Verônica tire Severo da função de coordenador da nova coleção de perfumes, a empresária teme que o pai revele seu golpe. Mas esperta como ela é, vai acabar descobrindo um trunfo para se proteger de Severo.

Verônica pede que Kátia vá ao baile do clube: “O papai e a Adalgisa vão lá. Quero que você aproveite pra ficar de olho nos dois juntos. Quem sabe, você não descobre alguma coisa sobre esse segredinho entre os dois?” Kátia vai ao baile e é bem sucedida em sua missão. “Consegui! Mas não sei se você vai gostar de saber o que é. Você tem um irmão bastardo, Verônica”, ela conta.

Ciumes!!!

 

Título da Matéria

Bianca e Anita tanto insistem, que Gabriel resolve dar uma chance para Dafne se explicar.

Ele vai até a casa de Jacques atrás da mulher, mas fica chocado com o que vê.

É que momentos antes de o pintor chegar, Dafne está agradecendo Vicente por compreender que ela jamais poderia ter qualquer tipo de intimidade com ele antes de dar à luz, caso aceitasse se casar com o advogado:

 

 

“Você é um homem bom! Obrigada por me entender”, diz a loura, que em seguida dá um abraço no amigo.

E Gabriel flagra justamente os dois abraçados!

“Que lindo! O casalzinho tá feliz?”, ele pergunta, com ironia.

Ajuda pra Matar!
 
Título da Matéria

Depois de enfrentar a fúria de Alcino por causa da promoção de Severo, Verônica decide adiantar seus planos de ficar viúva. Ela se encontra com Roberto e revela: “Você tem que me ajudar a me livrar do Alcino”.

Mas Roberto nega ajuda à amante: “Negativo! Já te ajudei muito. E a única coisa que ganhei até agora foram dois defuntos nas costas: a Natasha e o Gustavo. E de gorjeta, bronca! Muita bronca da madame! A patroa paga muito mal. Dessa vez, eu tô fora”.

Lamentaçoes!!!
 

Durante a festa de arromba na casa de Bernardo, Maria Cláudia escuta as lamentações da amiga Rita: “Nada dá certo pra mim... Apareci na TV, fiquei famosa, mas o Bernardo não quer saber de mim...”. Maria Cláudia tenta entender direito a situação: “Mas ele sabe que você tá a fim dele?”

Meio titubeante, Rita tenta se explicar: “Acho que sabe... Ou será que eu fui sutil demais?...”. Maria, então, dá o aviso: “Sutileza no meio dessa mulherada toda dando mole?! Isso é perda de tempo, Rita! Você tem que ser clara, objetiva!”.

 

 

Rita se preocupa e pergunta se, desse modo, ela não estaria parecendo oferecida demais para o rapaz. Maria Cláudia dá seu decreto: “Rita, o amor é como um shopping-center! Mercadoria que não tá na vitrine não vende!”. Rita entende o recado.

Pai problema!!!
 
Título da Matéria

No dia seguinte após receber a visita do médico, Alcino acorda melhor disposto. Verônica pede que ele tome outro de seus sucos, mas o marido acaba não bebendo e decide voltar à Aromas.

Ao chegar à empresa, Alcino tem uma desagradável surpresa. Ele descobre que Verônica colocou Severo para coordenar os perfumistas.

Alcino chama Severo em sua sala para entender o que aconteceu. Severo diz que a filha também é dona da Aromas e sabe o que faz. Alcino se revolta: “Não, não sabe. Tanto que promoveu você à função que devia ser do Davi. A Verônica tinha que ter me consultado a respeito. Ela não pode tomar decisões sozinha. Eu não morri!” Quando Verônica volta de Angra, Alcino a espera, furioso. Ele questiona a esposa sobre a nomeação de Severo como coordenador da nova coleção de perfumes: “Você sabe que ele não tem a menor competência para o cargo. Eu não quero o Severo nessa função! E você tem que dar um jeito nessa situação, entendeu?”

1* Briga!!
 
Título da Matéria

Como o contrato de casamento criado por Milena obriga o cônjuge que desistir da união a dar uma indenização à outra parte , nem ela, nem Nick, apesar da convivência ter se tornado insuportável, cogita pedir a separação.

Sendo assim, ambos começam a criar situações para que o outro saia de casa. Em uma destas tentativas, Milena vende o cavalo do marido, em retaliação às vendas que ele fez de todas as roupas dela para um bazar. Nick fica muito irritado, mas não a ponto de deixá-la.

A guerra conjugal continua e esta é apenas uma das muitas ciladas que Milena preparará para o marido. Nick, por sua vez, também fará de tudo para que a esposa desista do casamento, o que inclui a venda de todas as jóias dela. Será que nesta batalha haverá algum vencedor?

Que sogra!!!

 

Título da Matéria

Caco, Laís e família já estavam ansiosos com tanta espera.

Mas eis que finalmente chega Paulina, a mãe do rapaz.

Contrariando todas as expectativas de Zoraide, que sempre pensou que a tal mulher fosse muito pobre, Paulina chega de limosine!

Extremamente bem vestida e cheia de joias, ela olha o lugar com desprezo e é recebida pelo filho e pela nora já na porta da casa.

Lá dentro, Zoraide não faz a menor questão de ser simpática e vai avisando:

 

 

“Já começamos a jantar, porque atrasou demais, minha senhora”, ela diz, mas fica surpresa ao perceber a elegância de Paulina.

A mãe de Caco, no entanto, também não parece ter gostado nada da família de Laís:

“Meu filho, como você veio parar nesse muquifo?”, ela pergunta para Caco, diante de todos.

Blenorragia, sera um caso grave?
 

Bernardo está sem graça com sua situação. Enquanto ele é examinado por Dr. Nélson, o jovem se arrepende de ter se envolvido com Marcela na festa de arromba que deu em sua casa. O médico examina a região pélvica de Bernardo e pergunta: “Essas coceiras começaram quando?”

“Há uns dois dias”, responde ele. Dr. Nélson faz mais outra pergunta: “E tá fazendo xixi o tempo todo?”. Bê responde que sim, o tempo todo, além da ardência que tem sentido desde então.

Após o exame, Bernardo se veste. O médico leva um vidrinho com o material recolhido até a mesa, tira as luvas e começa a escrever em seu computador. “Eu recolhi um pouco de material pra mandar pro laboratório, mas pelos sintomas o nosso garotão está com uma bela blenorragia”, revela Nélson.

Bernardo fica com cara de interrogação. “A popular gonorréia”, explica o médico. Paulo Roberto leva as mãos à cabeça em sinal de preocupação. Bernardo fica aflito e pergunta: “E isso é grave, doutor?”.

Um Beijo Roubado!!!

Título da Matéria

Ele não sabe com quem está brincando. Brincando não, que o sentimento que nutre por Sandrinha é sério, é natural, é consequência de uma parceria que se estabeleceu sem que forçasse a barra. Mas as grandes paixões às vezes nascem assim, a partir de uma simples amizade. E quando vêm, não têm hora, lugar, nem escolhem com quem. Mas o que parece estar acontecendo com Flavinho é isso: a amizade por Sandrinha está se transformando em atração.


 
Dia desses, estão conversando, quando ele se aproxima e rouba-lhe um beijo.  Sandrinha, assustada, deixa que aconteça por uns segundos, mas depois se afasta, perturbada. Pois, se estava falando justamente que não quer viver em Búzios, em meio àquela falta de emoção, de agito? Flavinho talvez tenha entendido tudo errado. “Não estou disponível”, diz pra encerrar o assunto sair, irritada.

 

 

 

 

 
Mas o perigo que Flavio corre não é o de se apaixonar por Sandrinha, mas pela namorada de Benê. Imagina se o cara descobre?  

No Olho da Rua!!

 

Título da Matéria

Quando Verônica chega à casa de praia, Rose e Gustavo já conseguiram fugir, mas Taís e Bené precisam voltar para pegar o carro de Fiasco. Os dois acabam sendo pegos no flagra porque não conseguem fazer o carro ligar. 

“Saiam já desse carro!”, ordena Verônica quando chega perto de Taís e Bené. A empresária conclui que foram os dois que passaram a noite na casa de praia e pergunta se Péricles sabia o que o filho estava fazendo. “Ele não sabia mesmo não. Só comentou comigo que a casa estava vazia, e eu aproveitei...”, diz Bené. Verônica censura Taís por ter saído em pleno dia de trabalho. A faxineira explica que já estava a caminho da empresa, mas Verônica dá a ela uma péssima notícia: “Não precisa! Você está demitida, Taís!” A faxineira fica chocada com o que ouve. Mais uma vez ela está sendo demitida por se envolver em alguma confusão de Rose. Taís implora a Verônica por seu emprego, mas a empresária não volta atrás.

Por Pouco!!

Título da Matéria

Sem ter ideia do perigo que correm, Rose e Gustavo curtem os momentos a sós na ex-casa de praia dele. Enquanto o casal faz juras de amor em Angra, Verônica pede para Péricles levá-la de carro até lá. Péricles liga para Bené e avisa ao filho sobre o que está acontecendo. Bené fica desesperado e pede ajuda a Taís. Ela tenta ligar para o celular de Rose e para o telefone da casa, mas a amiga não atende. “A gente tem que ir pra Angra. Agora!”, decide Bené.

Os dois veem Fiasco dirigindo seu carro e pegam o veículo dele emprestado. Enquanto isso, Péricles tenta enrolar Verônica, fazendo paradas desnecessárias na estrada. Com isso, o carro com Bené e Taís consegue ultrapassá-los. Os dois chegam à casa de praia antes de Verônica e salvam Gustavo e Rose, que fogem. Quando Verônica chega, vê o carro de Fiasco estacionado e não entende nada. 

Ate Tu, Jacques?

Título da Matéria

Logo depois de ser expulsa de casa por Gabriel, Dafne vai procurar abrigo na casa do avô, por insistência de Bianca.

“Bianca, eu não tenho coragem de enfrentar o meu avô, eu sei o que ele vai dizer. Que nunca quis que eu me casasse com o seu pai, que tantas vezes nos chamou pra voltar a viver aqui (...)”, a loura argumenta ao chegarem na porta da casa do empresário.

Mas Bianca garante que vai enfrentar o bisavô e cuidar da mãe. Ao recebê-las Jacques mal começa a ladainha de que nunca concordou com o casamento da neta com Gabriel e já leva uma lição de Bianca, que tenta mostrar que essa não é hora de brigas.

O milionário admite que não é momento de cobranças e recebe as duas de braços abertos. Porém, quando Dafne lhe conta o motivo da separação, ele também duvida de sua honestidade:

“Dafne! Mas você foi capaz de ter um relacionamento com outro homem, mesmo estando casada com o Gabriel? Eu não esperava isso de você”.

Miguel, acalma Luciana!

Título da Matéria

De repente, gritos desesperados varam a madrugada e rompem o silêncio do hospital. Na voz estridente, toda a pungência de uma dor que não cessa, uma dor que não se faz sentir, que é a própria ausência de dor. É Luciana. Imóvel na cama, ela põe os pulmões para fora e cria um pequeno pandemônio entre médicos e enfermeiros. Ainda que sedada para que dormisse a noite tranquilamente, a paciente acorda no meio da noite e urra seu sofrimento como um animal enjaulado. 

 
Noutro lado da cidade, sob a luz tênue de um abajur, vemos Tereza levantar-se em sobressalto. É como se estivesse sendo despertada pelo grito da filha. Sem saber por que, Tereza perde o sono, uma aflição esquisita a perturba. O que seria?

 

Luciana continua gritando. Desesperados, os profissionais que a atendem não sabem como agir. A paciente não quer médicos, enfermeiros, ninguém – exceto o doutor Miguel.

 

 

 
O plantonista então liga interrompendo o descanso do médico e amigo e ele vem, na madrugada, fazer companhia àquela por quem tem um carinho especial. E permanece ao lado dela até que se acalme. Nesse momento, para Luciana, não há ninguém mais importante que Miguel no mundo.

Filho em Hora Errada!!

Título da Matéria

Helena tem plena consciência de que não é o momento ideal. Mas ainda assim, tem de dar a notícia de sua gravidez. O marido tem o direito de saber. Espera que ele receba a notícia com otimismo, como um alento em meio ao caos que se estabeleceu na vida dele. Desde que se casaram, um filho estava nos planos do casal – por que não haveria de estar agora? Sim, Luciana ficou tetraplégica e isso é terrível. Mas essa tragédia deve se impor a tudo, apagar qualquer resquício de felicidade da vida? Deve apagar o amor se sentem? Helena tem certeza que não.

Mas há muita coisa a ser esclarecida. Por exemplo, a história do aborto que ela fez quando jovem e que nunca comentou com Marcos.

 

 

 
Não que quisesse esconder dele, mas porque não sentia vontade de remexer num passado tão amargo. Helena precisa esclarecer também a briga com Luciana antes do acidente – a infantilidade da parte dela e o consequente arrependimento. Uma culpa praticamente impossível de ser removida. Deve isso ao marido e por isso está ali, esperando por ele.

 


 

 

 

 
Mas, mesmo com tudo isso, todos os contras, antes de contar da gravidez, Helena tem certeza de que Marcos vai abraçá-la e aceitar o filho, com o amor e o carinho que sempre pautaram suas vidas. Mas não é o que acontece.

 


Mesmo que Helena abra o coração, que fale dos seus erros e arrependimentos, que reafirme seu amor incondicional e fé no casamento, Marcos prefere atirar na cara dela que o filho vem em hora imprópria.

 

Ele fala de pequenas coisas, insiste na tese de que, se Helena não tivesse viajado, feito questão de desfilar e levar Luciana com ela, nada disso teria acontecido. Para Marcos, não é hora de ter esse filho e ele vai além. Insinua que Helena poderia muito bem tirá-lo, afinal já fizera isso antes.

 

 

 


Helena abafa um grito de indignação, antes que Marcos saia de casa dando por encerrada a discussão. Quem é aquele homem?

 

 

 

 

 

 

 

 


 

A Vingança!

 
Cristiana ficou tão possessa ao descobrir que foi enganada por Bernardo e sua turma, que prometeu dar o troco. E parece que chegou a hora de acertar as contas com o “filhinho de papai”...

Ela chega em casa e tira do bolso um papelzinho com um número de telefone. Enquanto disca, Cris vai revelando tudo o que está fazendo ao amigo, Victor. “É o celular da mãe do Bernardo que tá viajando e não sabe que o filhinho dela tá dando uma festinha em casa”.

 

 
A dupla ri. Quando Cissa atende do outro lado, Cristiana começa a falar: “Alô? Dona Cissa?... Oi, dona Cissa, é a Cristiana, filha do Antônio... Tudo bem?... Tá tudo bem por aqui. Eu só liguei pra saber se a senhora não acha melhor guardar o seu tapete branco num lugar seguro... Ué, por causa da festinha que o Bernardo tá dando lá na sua casa. Aqueles vândalos vão estragar o seu tapete novo...”.

Victor lhe mostra um convite para a grande festa na casa de Bernardo

 
“Você vai na festinha na casa do Bernardo hoje?”. A pergunta de Victor deixa Cristiana com a pulga atrás da orelha. Festa na casa de Bernardo? Pelo que a bela moça saiba, ela estava ajudando uma festa beneficente, a pedido de Bia e Tati. “Festinha na casa do Bernardo? Hoje? Como assim?”, indaga ela

“Mas hoje é a festa no retiro dos velhinhos! Como é que vai ter festa na casa Bernardo?!”, pensa Cris, em voz alta. Victor não entende do que se trata a tal festa a que sua amiga se refere.

Ele mostra a ela o convite: “Ué... Não sei... Mas o convita tá aqui, ó!”. Cris lê o papel e fica sem reação alguma. “Festa na casa do Bernardo?... Hoje...?”. Será que ela vai descobrir toda a mentira que Bia e Tati armaram para cima dela?

Cissa resolve dar uma incerta na festa!

 
Assim que desliga o telefone, Cris vira para Paulo Roberto e revela: “O seu filho tirou o Antônio e a Nancy de casa e tá dando uma festinha de arromba lá!”. Paulo Roberto coça a cabeça, sem saber o que fazer. “Mas a gente vai viajar a essa hora da noite?! Não é melhor deixar pra amanhã?”, comenta ele

Cissa chama a atenção do marido, afinal, Bernardo não tem bons precedentes: “Paulo Roberto! Até parece que você não conhece o seu filho! Lembra da última festinha que ele deu quando a gente viajou?”.

Ele gela na mesma hora e confessa que não gosta nem de lembrar... Cissa, cheia de atitude, resolve tomar as rédeas da situação: “Então vamos logo antes que aqueles vândalos coloquem fogo na nossa casinha nova!”. Os dois se dirigem ao carro para voltarem para casa. Parece que Bernardo e sua turma terão uma grande surpresa durante a festa...

Sera o fim de Gustavo e Rose?

 

Título da Matéria

Após saber que a polícia esteve na casa de Rose procurando por Gustavo, Verônica pede que Roberto siga a funcionaria da Aromas: “Ela tá escondendo alguma coisa, tenho certeza. E eu quero saber o que é!” Quando Rose vai atrás de Gustavo na casa de praia, Roberto, que estava na cola dela, vê que ela viaja para Angra, mas acaba perdendo-a de vista porque fica sem gasolina. 

Mas Verônica tem sorte e a informação acaba chegando às mãos dela de outra maneira. Benvindo, o caseiro do vizinho de Verônica em Angra, liga para a empresária: “Peguei seu telefone no caderninho do patrão. Resolvi ligar porque vi um movimento estranho na sua casa”. Ele explica que viu um casal e achou estranho, pois sabe que o caseiro dela viajou. Verônica começa a juntar as peças do quebra-cabeça e fica com a pulga atrás da orelha.

Ivonete e Fabiano, em mais uma missao impossivel!

Título da Matéria

Agora que Adenor virou chefe de família, Ivonete está pagando todos os seus pecados!

A incompetência do ex-amante para sustentar a casa só tem feito a baiana sentir saudades do tempo em que morava com Fabiano.

“Dona Socorro, a senhora acha que tem alguma chance do Fabiano querer voltar comigo?”, ela pergunta para a patroa.

Socorro sugere que Ivonete desista, pois aprontou muito com o ex-marido. E a baiana diz que devia estar louca quando quis viver com Adenor.

“(...) Aquilo lá é um traste!”, ela assume.


Título da Matéria

Agora que Adenor virou chefe de família, Ivonete está pagando todos os seus pecados!

A incompetência do ex-amante para sustentar a casa só tem feito a baiana sentir saudades do tempo em que morava com Fabiano.

“Dona Socorro, a senhora acha que tem alguma chance do Fabiano querer voltar comigo?”, ela pergunta para a patroa.

Socorro sugere que Ivonete desista, pois aprontou muito com o ex-marido. E a baiana diz que devia estar louca quando quis viver com Adenor.

“(...) Aquilo lá é um traste!”, ela assume.

Sera o fim de Verônica

 

Título da Matéria

O estado de saúde de Alcino piora quando Verônica começa a colocar certas substâncias nas bebidas que serve ao marido. Preocupada com o ex-chefe, Mari decide ir até a mansão e leva o médico de Alcino para examiná-lo. Quando Verônica volta para casa, fica furiosa com o que vê, mas finge preocupação. Mari explica sua presença ali: “Me disseram que o Alcino estava mal. Mas o quadro dele parece mais grave do que eu pensava. Vou te dar um aviso, Verônica: se acontecer o pior ao Alcino, a culpa vai ser sua. Eu te processo por maus tratos. Com sorte, te jogo na cadeia, ouviu bem? Na cadeia”.

Após o exame, o médico dá um diagnóstico que deixa Verônica preocupada. Ele explica que Alcino pode estar sofrendo de uma intoxicação medicamentosa: “Medicamentos administrados erroneamente podem matar. De alguma forma, seu marido pode estar sendo envenenado”.

 

Romance, por agua abaixo!

Título da Matéria

Era para ser um jantar romântico, uma noite linda, perfeita. Paulo juntou a mesada e fez uma reserva no restaurante de Garcia. Tudo pra impressionar a namorada. Dora deu força e conseguiu a melhor mesa do restaurante. No palco, à frente de uma banda de tango, Garcia arrancava aplausos a casa cheia.

Aí, surge Onofre, o estraga-prazeres. Vestido com seu tradicional figurino de trabalho, ele entra no lugar disposto a bisbilhotar a vida da sobrinha. Quer descobrir se está ficando rica. Dora o vê entrar e intui: Paulo e Soraia correm risco.

 

 

Por isso, surpreende o tio e tenta desviar sua atenção com uma conversa meio mal criada. Está quase conseguindo que ele vá embora, quando a filha e Paulo, rodopiando pelo salão, acabam esbarrando com Onofre. Pra quê! O sujeito vira um ogro.

 

 

 

 

 
“Mas que pouca vergonha é essa?”, diz, e já vai agarrando Soraia, exigindo que ela saia do restaurante imediatamente. Paulo tenta defender a namorada, Dora se mete. A discussão chama atenção de todos. Garcia aparece e acaba por tirar o sujeito do seu restaurante, depois de escutar muita baixaria.

 

 

 

 

 

 

No fim, Dora vai se sentir muito orgulhosa da atitude do seu Maradona. Esses dois estão cada vez mais unidos, não é?

Fisioterapia, primeiro dia!

Título da Matéria

Mal sai da cirurgia e Luciana já será submetida a tratamento de fisioterapia, passo muito importante para sua recuperação. Por enquanto, são apenas exercícios respiratórios, para estímulo da caixa toráxica, do pulmão e do diafragma através da ação de inspirar e expirar. Imobilizada do pescoço para baixo, incapaz de um movimento sequer, isso tudo pode parecer muito pouco para Luciana. Mas Miguel e a fisioterapeuta Larissa garantem que esses exercícios são fundamentais e vão lhe dar energia e confiança.


Enquanto Luciana chora, descrente, Miguel enxuga as lagrimas dela. Incansável e sempre a seu lado, o médico tenta estimulá-la: “Cadê aquela menina cheia de determinação?”. E pede com carinho: “Confia em mim... Força, coragem, isso nunca te faltou”.

Ela acha um absurdo o rapaz ter avançado o sinal antes da hora

 
Valentina está irada diante de um Lucca atônito. Ele não entende a raiva da menina ao seu lado. “Tá pensando que eu sou o que, garoto?”, esbraveja ela. Lucca pergunta, com o maior medo de falar algo que piore a situação:

“Você não queria que eu te ebeijasse? Não foi pra isso que me convidou pro cinema?”. Valentina, então, decide pôr um ponto final nesta história, afinal, ela é uma moça decente, de família, e jamais poderia ser mal interpretada por um rapaz como Lucca.

 

 
“Eu te convidei pro cimena pra gente assistir um filme e se conhecer melhor! Mas eu acho que já te conheci o suficiente! Até mais!”, solta ela, enquanto sai pisando duro de dentro da sala de projeção. Lucca fica ali sentado, arrasado

Contra a Parede!

 
Enquanto Bernardo se vangloria com sua turma, Nanda aparece, sorrateira. Ela chega perto sem que eles percebam o ouve o que dizem. “Qual vai ser a próxima tarefa da Rainha dos Mendigos pra festa beneficente do Retiro São Bernardo?”, zoa Bernardo. Todo riem. Bia pega uma lista na bolsa: “A próxima tarefa é... Buscar as bebidas em Barra Negra”. A turma ri novamente

A galera fica um tempo zoando. Beto põe pilha. Até que chega um momento em que Bernardo senta na cadeira e vira para o outro lado. Nanda chega e senta na mesma cadeira que ele. Ela começa a puxar papo com o bad-boy. Bia, Tati e Beto param de rir e olham preocupados para a moça.

 

 
Nanda olha sério para Bê e pergunta, em busca da verdade sobre o cara por quem ela está muito interessada: “Vocês tão... Enganando a minha irmã?”.

Que má vontade, Bruno!

 
Entre uma aula e outra, Bruno conversa com seus amigos do peito e revela seu drama: “Não é que eu não esteja curtindo. É que esse lance de morar com a Juliana, que é bem mais velha que eu... A gente acaba tendo outro tipo de problema, de preocupação, sacou?”

Domingas entende o amigo: “E aí você tá achando essa vidinha de colégio meio boba...”. Bruno emenda: “É... Quer dizer, não é boba... é diferente... Parece que eu tô tendo de pular uma parte da minha vida!”. Fernandinho comenta: “É, meu amigo, você quis entrar nessa, agora tem que aguentar. Eu é que não queria encarar um tipo de vida que ainda não tô preparado”.

 

 
Domingas, então, faz uma pergunta séria a Bruno: “Mas você tá arrependido de ter se juntado com a Juliana?”. Ele responde: “Não! De jeito nenhum! (Feliz.) Eu amo aquela mulher! Por ela eu topava pular um monte de etapas da minha vida!”. Ela fica impressionada: “Uau! Isso é que é amor! Fernandinho, quando é que você vai dizer uma coisa linda dessas pra mim, hein?!”. Fernandinho fica calado.

Ela Tem Chance, com o Denis?

Título da Matéria

Desde que voltou, Lili tenta se reaproximar de Denis.

Mas o pintor sempre deixou claro que já não existe mais nada entre os dois: “Sai desse corpo que não te pertence!”, o pai de Espeto vive dizendo.

Só que agora, sem Simone e Amarilys no meio do caminho, a morena decide arriscar antes de partir para outra de vez:

“Denis, tem alguma vaguinha pra mim? Alguma chance de eu pegar a senha dessa fila? Da gente se entender, eu e você?”.

Helena, esta gravida!!!

Título da Matéria

Um simples teste de gravidez, desses comprados em farmácia, confirma o motivo dos enjoos que Helena vem sentindo desde Amã. Ela está mesmo esperando um filho de Marcos! Alice é quem traz o teste. Como ela diz, não é totalmente garantido, mas na maioria das vezes não falha.  Para Helena, fazer o teste ou não dá na mesma. Ela tem total certeza de que está grávida, não apenas pelos enjoos, mas porque está sentindo-se 100% grávida. As mulheres têm esse sexto sentido, sabem quando esperam um bebê. 


 
Mesmo assim, Helena faz o teste e confirma o que já intuía. Ainda que o momento não seja lá dos mais perfeitos, ela se sente feliz. “Parece mais uma resposta a todo esse sofrimento”, diz com confiança. Certa de que Marcos quer ser pai novamente, tanto quanto ela quer ser mãe pela primeira vez, Helena fala com uma fé e uma força incrível, como se orasse: “Aconteça o que acontecer, vamos ter o que tanto desejamos”.

 


 

 

 

 
Mas no instante seguinte, brinca com Alice: “se jogar a toalha, desistir de tudo, inclusive do marido,pegamos o avião ou navio, que é mais divertido, e caímos no mundo”. Alice comemora. Por ela, as duas criariam o filho de Helena sozinha. Seria necessário?


Helena Gravida, no olho da rua!

Após meses de casamento, Marcos (José Mayer) e Helena (Taís Araújo) vão se separar na novela "Viver a Vida", do autor Manoel Carlos. A cena do rompimento do casal vai ao ar na próxima quarta-feira, 18.

A decisão de acabar o casamento parte da modelo. Helena vai contar ao empresário que está grávida e que não pode mais continuar com ele depois do acidente envolvendo Luciana (Alinne Moraes), na Jordânia.

"Tenho vergonha de me sentir feliz", justifica Helena, se referindo à dor da família e ao drama de Luciana, que acabou ficando tetraplégica. A reação de Marcos não será animadora e ele ainda vai fazer comentários inadequados sobre a gravidez da modelo.

"Esse filho está vindo na hora errada", dirá Marcos a Helena, que afirmará que pode se virar como mãe solteira. "Não duvido que tire a criança. Já fez isso uma vez, pode muito bem fazer outra", retruca o empresário. Depois, Helena vai embora de casa e volta a morar com a sua mãe, em Búzios.

Gestação - Os primeiros sintomas da gravidez de Helena começaram a aparecer após o acidente sofrido por Luciana. A modelo começou a sentir enjoos e muito calor quando ainda acompanhava a enteada no hospital, na Jordânia.

No Brasil, a top model continuou a sentir os sinais da gestação e no capítulo desta segunda-feira, 16, resolve fazer o exame que confirma a gravidez. A modelo fica feliz, apesar de todos os problemas que terá de enfrentar por causa do acidente sofrido pela enteada.

Tudo por Causa daquele Maldito Bolo, que explodiu!

 

Título da Matéria

No dia do casamento de Judith e Edgar, Pelópidas está a postos com seu controle remoto no depósito da galeria.

No salão, quando o juiz vai dar continuidade à cerimônia, o ex-marido da vilã aciona o dispositivo e explode o bolo, que espirra para todo o lado!

 

 

 

Judith e Edgar ficam completamente sujos de glacê e ela acusa Bianca de estar por trás da sabotagem.

Mas nem assim a empresária desiste da união.

“Tem alguém querendo impedir o meu casamento. Pois agora é que eu caso mesmo. Pergunte ai, juiz, se eu aceito, se ele aceita... E a gente casa!”.

Só que dessa vez é Beth quem interrompe a cerimônia revelando que Edgar tem um filho com ela. Mas Judith tira o contratempo de letra, a moça se retira e o casal dá continuidade à cerimônia.

 

 
O que eles nem imaginam é que Pelópidas está por ali e tem uma carta na manga para impedir esse casamento!

Gustavo foge!

 

Título da Matéria

Depois que Tião o denuncia à polícia, a única preocupação de Gustavo é a segurança de Rose e dos filhos dela. Ele pede ajuda a Bené para conseguir se esconder. Quando Tião retira a denúncia e a polícia vai embora da casa de Rose, Gustavo aproveita o caminho “livre” para fugir. Bené ajuda Gustavo, que pede: “Não conta pra ninguém pra onde eu tô indo. Nem pra Rose! Não quero que ela corra mais nenhum risco por minha causa”.

Péricles leva Gustavo para sua antiga casa de praia. O ex-empresário vai escondido no banco de trás. Quando chega ao local, o motorista diz ao caseiro que ele e sua esposa podem tirar folga. Gustavo agradece a ajuda de Péricles e fica sozinho com suas lembranças. 

 

Vai dar Casamento?

Título da Matéria

Ao saber que Gabriel expulsou Dafne de casa, Vicente procura a amiga.

A loura explica todos os detalhes ao advogado, que diz acreditar nela:

“Dafne, eu te conheço. Não sou médico. Mas talvez ele não seja 100% estéril como deu no exame. Eu sei que, se você está esperando um filho, é do Gabriel”.

Dafne agradece a confiança e desabafa dizendo que está muito magoada com tantas acusações.

Vicente lembra que Jacques nunca suportou o fato de Bianca ter sido criada sem um pai e, apesar de reafirmar seu amor por Hannah, ele revela a ideia que teve.

O advogado acha que talvez a amizade sincera que existe entre os dois seja uma base melhor para o amor, que seria construído no dia a dia, na compreensão e no companheirismo e, portanto, propõe:

“Dafne, não crie mais um filho sem pai. Se você aceitar a gente se casa e eu assumo esse filho que você está esperando como se fosse meu!”.

Por Pouco!

 

Título da Matéria

Para tentar fazer as pazes com Rose, Bené e os filhos, Tião vai à polícia e retira a denúncia que fez contra Gustavo. Ele mente para os policiais dizendo que inventou que Vicente, primo de Rose, era Gustavo Brandão, pois ficou com ciúmes da ex-mulher.

Tião acaba sendo preso por desacato à autoridade, pois ao contar a história aos policiais acaba ofendendo um deles. Para sair da prisão, ele recebe ajuda de Heloísa que paga a fiança e fica enfurecida ao saber que o namorado inventou a acusação por ciúmes de Rose. 

Tereza sabe de tudo!

Os gritos de Luciana ainda ecoam pelos corredores e salas do hospital. A revolta daquela que era a mais promissora da nova safra de modelos está tatuada naquelas paredes e ainda assombra quem foi testemunha, mas o pior já passou.

Mais calma, mas não conformada, Luciana pelo menos concorda em conversar, ainda que sofra até para falar. É nessa hora que Tereza aproveita para investigar sobre “maldita Helena” dito pela filha em momento de fúria.   “Helena teve culpa nesse acidente?”, pergunta sem rodeios.

 

 
Luciana hesita. Tereza insiste; “por que você não deveria estar naquele ônibus?”. O que poderia ser um resquício de discrição ou escrúpulos da parte de Luciana para não dedurar Helena, subitamente se acaba. Aí ela conta tudo, o porquê não pôde viajar no carro com Helena, a briga, a bofetada e a história do aborto.

 

 

 

 

 

 
Com o olhar transfigurado, Tereza já sabe exatamente o que vai fazer depois que se despede da filha. Ela e Helena precisam, agora sim, ter uma conversa.

Maldita Helena!

Quem estava acostumado a vê-la desfilando graça e beleza nas passarelas, posando para as lentes de grandes fotógrafos ou dançando cheia de vitalidade em boates, em casa e até no deserto – que esqueça. Luciana não será mais a mesma, jamais. O diagnóstico de tetraplegia é cruel demais pra quem mal começara a sonhar. Mas não é o fim do mundo. Há esperanças e novas possibilidades de vida podem se abrir a partir do que parece uma tragédia. Mas quem vai convencer Luciana disso? 
Imobilizada do pescoço para baixo, ainda zonza com que aconteceu, Luciana vegeta à espera de alguém que venha lhe dizer que tudo não passa de um pesadelo. Mas esse alguém não vem, e ela teima em não acordar.


 
Feitos os testes necessários e não havendo mais dúvidas, chega o momento do Dr. Moretti contar a verdade à sua paciente, despertá-la desse limbo. Ao lado dos pais, ele tenta comunicar o quadro da maneira mais clara e realista possível. À medida que ouve, a fisionomia de Luciana vai mudando. Aos gritos, essa troveja sua revolta, como se sua voz pudesse reverter sua imobilidade: “Por que comigo? Não é verdade. Essa história não é minha”.

 


 

 

 

 

Impotentes diante do sofrimento da filha, Marcos e Tereza choram e se abraçam consternados. Mas uma frase de Luciana, dita em meio à dor e à revolta dilacerantes, chama atenção: “Maldita Helena, não era para eu estar naquele ônibus”.

O "maldita Helena" fica atormentando Tereza. Mais tarde, depois que tudo estiver um pouco mais calmo, ela há de investigá-la a fundo. Aí, vai tormar sérias providências.

Tereza da bofetada em Helena!

Helena está um trapo. Ainda não se recuperou da viagem e muito menos de toda a tragédia com a filha de Marcos, da qual se sente culpada. É nesse estado emocional lastimável que ela se encontra com Tereza, surpreendida na cobertura de Marcos. Não tem muito o que dizer numa hora dessas – dizer o quê? – ainda mais nessas condições. Mas Tereza tem e muito.

 

 
Encarando Helena nos olhos, com olhos de fúria e revolta, ela começa lenta e decididamente a destilar o tonel de acusações que tem contra aquela que prometeu ser responsável por Luciana durante a viagem internacional. E converge seu discurso para atingir em cheio a ferida que Helena carrega exposta e transparente no rosto e na alma.

 

 

 

 

 
Aponta um a um os erros que Helena cometeu e chega a dizer que ela empurrou a filha para morte. Fala das desesperanças e da morte prematura dos sonhos de Luciana. E fala do aborto que Helena cometeu que, por ser um fato consumado, não deveria ser motivo para ofensas: “Não deveria se sentir tão ofendida com a verdade”. Para arrematar, ainda diz que Helena agora terá de conviver não com um, mas com dois crimes; “E tente ser feliz com eles”.

 


 

 

 
Humilhada, sofrida, Helena se ajoelha implorando o perdão de Tereza. Mas ela não dá. Pelo contrário, devolve a bofetada que Helena dera na filha em Petra com força e a autoridade de uma leoa que defende seus filhotes. 

Luciana Nao Reage aos Testes!

 

Título da Matéria

Quando desperta no hospital, uma das primeiras pessoas que vê é Miguel. Estar sob os cuidados do irmão do namorado, aquela figura tão calorosa e simpática, é um bálsamo para quem vem passando horas de angústia e sofrimento.


 

Sorridente, o médico pega a mão dela carinhosamente, beija, mas infelizmente ela não sente absolutamente nada. Esse já é um primeiro teste.  Os outros que Miguel faz também não acusam nenhuma reação da parte de Luciana. A certa distância, Marcos e Tereza observam tudo. Ambos estão mudos, mas com um pesar comovente no olhar.


 

 


 

Quando eles enfim se aproximam, nem Marcos nem Tereza conseguem segurar a emoção e choram muito – ainda se forcem a sorrir na tentativa de minimizar o sofrimento da filha. 


 

 

 

 

 


 

Luciana se lembra do pedido que fez á mãe por telefone, quando ainda estava em Amã: “Você prometeu que eu vou ficar boa”. Tereza não desdiz: “Jurei e vou cumprir”.


 

 

 




 

As mães não perdem a esperança jamais.

 

Helena e Luciana, nao se Bica, mas na Vida Rela, as Atrizes que vivem ela, se Dao muito Bem!

Na novela "Viver a Vida", Luciana e Helena não se bicam. Por trás das câmeras o clima entre as atrizes Alinne Moraes e Taís Araújo é bem diferente. A dupla foi clicada chegando para gravar no Centro do Rio de Janeiro no maior papo.

 

 

Ricardo Leal /Photo Rio News

Alinne Moraes e Taís Araújo chegam para gravar

 

 

 

Ricardo Leal /Photo Rio News

Clima entre a dupla é de amizade

Elenco de Viver a Vida, em Açao!

Parte do elenco de "Viver a vida" levantou cedo na manhã desta segunda-feira, 19. Alinne Moraes e Taís Araújo rodaram cenas da novela em uma rua na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Thiago Lacerda também participou da gravação.

  

Felipe Assumpção/Ag News

Thiago Lacerda, Alinne Moraes e Taís Araújo na gravação da novela "Viver a vida", nesta segunda-feira, 19, no Rio

 

 

Felipe Assumpção/Ag News

Taís Araújo tira fotos com fãs

 

 

 

Felipe Assumpção/Ag News

Alinne e Taís na gravação

 

 

Felipe Assumpção/Ag News

As atrizes na gravação, na manhã desta segunda-feira, 19

Tereza nao quer conversa com Helena!

 
Título da Matéria

Na sala VIP do Hospital, enquanto Luciana é submetida a uma bateria de exames, pela primeira vez Helena e Tereza vão se cruzar. Já haviam trocado olhares, mas nenhuma palavra. É Helena quem resolve tomar a iniciativa e quebrar o gelo: “Precisamos conversar”.

 

 
Tereza vira-se e, fria e fixamente, encara Helena. Não é indelicada nem se recusa a falar, mas seu olhar tem o peso da inquisição. Ela concorda que as duas precisam conversar, mas não naquela hora, naquele lugar. “Ainda é cedo, nossa hora de conversar ainda não chegou”, diz num fio de voz. Helena insiste, tem uma necessidade louca de se explicar, colocar pra fora o que vem agoniando. Tem um olhar submisso, que transparece culpa.

 

 

 

 

 

 

Mas Tereza a corta. Não quer mesmo ouvi-la sem antes conversar com Luciana. Ai, sim, fala com Helena: “Não se preocupe, vou onde você estiver”.


O que dirá Luciana sobre Helena?  

Luciana,e, Jorge?

Depois da cirurgia, Luciana (Alinne Moraes) recebe a visita de Jorge (Mateus Solano) em "Viver a vida". Ele tenta animá-la, mas a modelo age de maneira fria e amarga, chegando a encorajá-lo a desistir dela e a se casar com Paixão (Priscila Sol). Veja como será a cena, que está prevista para ir ao ar nesta segunda-feira.

 

Luciana conversa com Jorge depois da cirurgia em

 

J: Correu tudo bem, meu amor. Você é valente.
L: Jorge, você não precisa mais pedir para eu parar de desfilar. O destino se encarregou disso.
J: Não, você vai voltar a desfilar, a brilhar nas passarelas.
L: Você é bom, está tentando me animar. Se eu pudesse, abraçava você e ficava assim a vida inteira.
J: Ainda vamos nos abraçar muito, vamos casar, viajar, como sempre sonhamos.
L: Casar, Jorge? Com uma garota que não anda, não pode ter filhos, que não pode fazer você feliz...
J: Não fale assim.
L: Quando é sua viagem para o Canadá?
J: Nem estou pensando mais nisso. Até comentei com a Paixão.
L: Paixão... Ela ama você, sempre amou. Case-se com ela.
J: Vou me casar com você, Lu.
L: Case-se com ela. Só quero ser madrinha do primeiro filho que vocês tiverem.
J: Não quero mais ouvir. Fico muito triste que você esteja assim, não acreditando na vida e na sua recuperação.

Alcino e Veronica, se Casam!

Enfim chega o dia tão esperado por Verônica: o casamento da empresária com Alcino. O dia começa com uma grande dose de preocupação para a vilã. 
Quando Verônica já está no carro, pronta para entrar na igreja, Severo a informa de que Alcino ainda não apareceu. “O que? Onde será que ele está?”, ela pergunta, furiosa. Mas Alcino acaba chegando e Verônica entra na igreja levada pelo pai. Linda, ela vai ao encontro do noivo no altar. 
Gustavo assiste à cerimônia escondido e chora de raiva. Mari e Roberto também assistem incomodados à união de Alcino e Verônica. Julieta e Ferdinando se emocionam, lembrando-se do casamento de Verônica com Gustavo. Enquanto o padre realiza a cerimônia, Alcino pensa em Rose. Ao final, o padre avisa que Alcino pode beijar a noiva. O novo casal se beija e sai da igreja, passando pelos convidados. Verônica sorri, triunfante. Antes de chegar ao fim da igreja, Alcino sente uma forte dor na cabeça e desmaia. Todos reagem assustados.Quando Verônica já está no carro, pronta para entrar na igreja, Severo a informa de que Alcino ainda não apareceu. “O que? Onde será que ele está?”, ela pergunta, furiosa. Mas Alcino acaba chegando e Verônica entra na igreja levada pelo pai. Linda, ela vai ao encontro do noivo no altar. 
Gustavo assiste à cerimônia escondido e chora de raiva. Mari e Roberto também assistem incomodados à união de Alcino e Verônica. Julieta e Ferdinando se emocionam, lembrando-se do casamento de Verônica com Gustavo. Enquanto o padre realiza a cerimônia, Alcino pensa em Rose. Ao final, o padre avisa que Alcino pode beijar a noiva. O novo casal se beija e sai da igreja, passando pelos convidados. Verônica sorri, triunfante. Antes de chegar ao fim da igreja, Alcino sente uma forte dor na cabeça e desmaia. Todos reagem assustados.

Luciana Chega ao Brasil!

Título da Matéria

A remoção de Luciana é um procedimento delicado, que precisa seguir todas as várias etapas rigorosamente. Assim que o Dr. Moretti chega a Amã, a primeira coisa que faz é buscar informações com o médico que atendeu Luciana. Ele fala da necessidade urgente de se operar a paciente. Moretti concorda, por isso não há que se perder mais tempo. Luciana é levada de maca até um hangar e, levemente sedada, colocada num jatinho UTI aparelhado para todo o tipo de ocorrência médica. Helena e Osmar a acompanham. 


 
Chegam ao Rio horas depois e no aeroporto, além da equipe médica do Santa Terezinha das Rosas, há uma pequena comitiva para recepcioná-los: os pais e o namorado. Marcos, Tereza e Jorge não escondem a tensão e a tristeza. Luciana precisa ser trasladada rapidamente para um helicóptero e levada para o hospital, mas esse breve instante é suficiente para eles se aproximem e troquem um olhar com Luciana. As lágrimas escorrem do rosto de Tereza ao ver a filha imobilizada na maca. E ela faz questão de acompanhá-la no helicóptero até o hospital, enquanto Marcos e Helena, depois de trocar pouquíssimas palavras, seguem de carro.

 



 
Vendo a aflição de todos, o médico procura de ser firme: “Essa é uma prova duríssima. Luciana vai precisar que todos à sua volta sejam otimistas, mas conscientes das dificuldades”.

Dafne esta Gravida!


Título da Matéria

Finalmente Dafne recebe a confirmação tão esperada: está mesmo grávida!

Radiante, a loura corre para contar a novidade a Gabriel.

O pintor, no entanto, não recebe a notícia tão bem como ela esperava.

É que, momentos antes, ele pega o resultado de seu exame de fertilidade e constata que ficou estéril por causa da caxumba! O que Gabriel e Dafne nem imaginam é que esse exame foi falsificado por Mercedes, a mando de Frederico.


 
Decepcionado, Gabriel diz que Dafne não vale nada e a acusa de ter engravidado de Vicente!


“O pior é olhar nos teus olhos, que parecem tão sinceros, e saber que tudo é mentira. Agora sim, eu sei que você não vale nada. Porque se você é capaz de mentir mesmo depois de ter sido desmascarada quantas outras vezes mentiu pra mim, quantas?”, diz Gabriel depois de já ter perdido a cabeça.

Transtornado, ele afirma que não pode mais viver com ela e a expulsa de casa!

Roupas no Brecho!

Título da Matéria

Nicholas e Milena estão fazendo de tudo para dar motivos que levem o outro a pedir a separação.

Ela compra uma pulseira caríssima e põe na conta do marido.

Ele, por sua vez, vende todas as roupas da mulher para pagar a conta!

Até mesmo vender o guarda-roupa inteiro da mulher! Quando chega em casa, Milena se depara com várias de suas peças sendo carregadas em araras para fora de casa.

Desesperada, a moça corre para o brechó, onde várias mulheres disputam suas roupas de grife. Milena se atira na gôndola e briga pelas peças:

“Devolve! Esse vestido é meu! Devolve a minha saia! Dá essa blusa, é minha predileta!”.

Ela consegue resgatar suas roupas e ainda resiste ao impulso de se separar do marido, que perde a batalha dessa vez.

“Tá difícil. Quando ela vai se separar de mim pra eu entrar na grana?”, Nicholas diz para si mesmo.

 

Passeio, no Mar Morto!

 

Título da Matéria

O Mar Morto é o ponto de maior depressão da Terra. Não estivesse secando a uma velocidade absurda de um metro de água por ano, os aventureiros e suas namoradas estariam mais ou menos no fundo, no ponto em que estão. Mas enquanto aquela beleza histórica ainda resiste, há que se aproveitar.

Por isso, eles nadam, bóiam e quase que andam sobre aquelas águas cuja salinidade impede que qualquer ser permaneça vivo. Mas chega a hora de partir. Bruno quer viajar para Amã antes do sol se pôr. É dar uma passadinha no mercado e pegar a estrada.


 


De repente, lá eles são atraídos por uma turma que comenta sobre um grave acidente, Fanny vai averiguar e volta com a notícia: um desastre em Petra com o ônibus das modelos. Bruno e Felipe imediatamente se interessam: “Não é possível!”. Bruno fica nervosíssimo. Não há referência a mortos nem feridos, mas, por via das dúvidas, o melhor é checar com elas mesmas.



 


 

Quando chegar ao hotel, Bruno vai mandar um email pra Helena perguntando a respeito. O que ela dirá? 

 

Voce esta demitida!

 

Título da Matéria

Há algum tempo Mari vem tentando provar para Alcino que Verônica não presta. Mas a vilã faz tão bem seu papel de boazinha que Alcino acha impossível que Mari tenha razão. Depois de perceber que foi deixada na loja por Nuno, Mari vai atrás dele na sala de Verônica. Alcino também está por ali porque foi resolver outro assunto. “Bom, já que estão todos aqui, vamos fazer uma acareação”, Mari anuncia. Ninguém entende. Ela então vai diretamente ao assunto: “Nuno, você e seu irmão, Roberto, são primos da Verônica?”

Conforme combinado, Nuno mente, dizendo que eles são primos. Mari não entende por que ninguém nunca soube do parentesco e Verônica explica: “Eu não queria prejudicar a carreira dos dois. O Nuno e o Roberto são filhos de uma irmã bastarda do papai”. Mari continua cismada, sem acreditar na vilã. Depois, quando Alcino está novamente ao lado de Verônica, Mari tenta conversar com ele a sós. Mas o empresário já perdeu a paciência: “Não! Não! Não! Vai começar de novo, Mari? Pra mim, já deu. Não posso mais ter uma pessoa paranóica trabalhando pra mim. Acabou, Mari! Você está demitida!”

O Casamento Acontece!

 

Lá do altar, Jacques se emociona assim que vê a porta da igreja se abrindo para Piedade entrar ao som da Marcha Nupcial.

Denis leva a mãe até o empresário e Padre Guilherme inicia o casamento.

Ao final da cerimônia, os noivos dão clássico beijo e arrancam os aplausos dos convidados.

A surpresa vem na hora do buquê. A mulherada se posiciona com a esperança de desencalhar, mas as flores vão direto paras as mãos de Denis, que fica espantado!


 

Namoro no AR!!!


 
Cristiana e Victor conversam sobre a investida que Beto deu na bela moça. Ela se faz de desentendida: “Como assim?”. “Ah, Cristiana, não é possível que você seja tão distraída assim. Você até deu o maior toco nele!”, revela o amigo

Cristiana tenta covnersar, pois a imagem de Beto à sua frente não a agradou em nada, mesmo: “Ah, Victor, não tenho tempo pra ficar pensando em bobagem, não”. Victor questiona: “E namorar é bobagem?”.

 

 

 

Cris dá o ponto final à conversa: “Com aquele idiota do Beto é!”. Os dois amigos riem. Realmente, Cristiana e Beto juntos não dá, simplesmente não combina...

Um Fora!

 

Título da Matéria

Amarilys e Nicholas se reencontram na festa de casamento de Jacques e Piedade e o rapaz puxa conversa com a ricaça:

“Ainda tá brava comigo? Eu sei que eu não fui muito legal com você, mas nós nos dávamos tão bem!”.

Amarilys diz que, depois da decepção que teve com o Denis, o que aconteceu entre os dois não teve tanta importância.

Nick aproveita a brecha e a convida para sair um dia e relembrar os velhos tempos. Só que quando ela vai responder, Milena chega e a cumprimenta, perguntando como ela está. Amarilys diz que está muito bem e recebe um fora:

“Se tá tão bem assim, por que você fica dando em cima do meu marido?”.

Veronica, consegue inganar Mari!

 

Título da Matéria

Mari não acredita na história que Verônica inventou de que Roberto é seu primo e decide tirá-la a limpo com Nuno, que é irmão de Roberto. “Ela me disse que você eram primos. Achei estranho e vim confirmar com você. Então, vocês são primos?”, ela pergunta. Mas a conversa acaba sendo interrompida por uma vendedora da loja da Aromas. 

Nuno acaba fugindo de Mari e vai encontrar Verônica para entender o que está acontecendo. “Não sei por que você disse pra Mari que eu e o Roberto somos seus primos. Mas vim te avisar que eu não vou mentir pra ela. Eu vou dizer a verdade!”, ele afirma. Verônica tenta manipular Nuno: “Acho que posso confiar em você. Eu e o Roberto, nós tivemos um caso. Foi pouco depois da morte do Gustavo”. Ela diz que Ferdinando e Julieta encontraram Roberto na mansão e ele mentiu para protegê-la. A empresária faz um drama: “Nuno, se a Mari contar pro Alcino, ele não vai entender. Logo agora que a gente vai ter um filho...” Ela chora e pede que Nuno minta: “Eu sei que não tenho esse direito, mas não posso perder o Alcino! Pelo amor de Deus, não conta pra Mari que eu menti! 

Lucina fala com Tereza, Pelo Telefone!

 

Título da Matéria

Quando atende, Helena percebe imediatamente a pressão que Marcos está sofrendo do outro lado da linha. Ela mesma sente no aparelho o calor da presença de Tereza, como se a mãe de Luciana pudesse se materializar ali, no hospital e por intermédio de um efeito especial, também incendiá-la com seus olhos de fogo e de cobrança.

 

 

 

Por isso, se empenha ao máximo em atender os desejos daquela mãe aflita, de quem, de certa forma, se sente devedora. Sai pelos corredores do hospital e pede aos responsáveis da UTI que permitam o acesso para então colocar a paciente em contato com os pais. 

 

 

 

 

 

Antes de passar o telefone, ainda ousa perguntar a Marcos se Tereza quer falar com ela, antes de Luciana. A resposta vem aos gritos, do outro lado do mundo, e vaza até Amã como uma ordem imperial: “Quero falar com minha filha, Marcos. E é só”.

 

 

 

 

 

 

Luciana está acorda e vira os olhos ao perceber a presença da visita. Helena segura o celular. Primeiro, Luciana fala com Marcos. Ansiosa, tenta explicar ao como foi a batida. Mas Tereza reivindica logo o direito materno e Marcos não tem tempo de ouvir o resto da história. Ao ouvir a voz da mãe, Luciana desaba num choro forte, comovente, um choro de soluçar. Tereza também chora, mas tenta de todas as formas não transparecer, uma cena dramática e tocante.

 

 


 
Ao final da conversa, Luciana faz Tereza prometer que ela vai ficar boa. E como uma excelente mãe, Tereza jura que sim, que ela vai ficar boa, ainda que não saiba como e o que fazer para atender esse pedido.

Tereza Recebe a Noticia!

Título da Matéria

A visita de Marcos àquela hora da manhã é de se estranhar. Nada nesse mundo o faria encarar Tereza tão cedo, de penhoar, cara amarrotada e com o humor típico de quem ainda não tomou café. Exceto, claro, se houvesse um motivo pra isso. Mas motivo há e um bastante forte.

Antes, no caminho, Marcos buscava as palavras certas, uma forma adequada de dizer à ex-mulher tudo o que é preciso. Sua intenção era não provocar em Tereza uma reação brusca. Mas ainda que tivesse encontrado o texto certo, ele jamais seria mais claro do que a expressão de seu rosto.

 

 

Quando Tereza chega à sala e dá de cara com aquela comitiva pálida, Marcos, Mia e Isabel olhos esbugalhados, imediatamente percebe que algo de muito grave aconteceu. Marcos se adianta, tímido: “Luciana sofreu um pequeno acidente... Nada grave”.


Quem conhece Tereza sabe que ela não é mulher de se conformar com uma explicação rasa dessas. Muito menos com as tentativas de Marcos de dizer que está tudo sob controle. Ela tenta se manter no limite da tolerância, mas à medida que o ex-marido vai revelando as informações que sonegava, por total  e intensa pressão de sua parte, Tereza vai perdendo o controle.

 

 

Olhos faiscando, Tereza exige que o marido faça a ligação internacional. Se o que diz é mesmo verdade, que ele ponha a filha para falar de Amã e que ela mesma explique que está tudo bem.
Dedos trêmulos, expressão tensa, Marcos tecla.

 

 

 

 

 
Mas os números lhe escapam, a ligação não se completa. Mas Tereza não desiste. Ali do seu lado, ela mantém a pressão. Até que, pronto, Helena atende. O que ela vai fazer? Bem, essa é outra história.

Helelna recebe Bofetada de Tereza!

Helena vai pedir perdão a Tereza / Crédito: Renato Rocha Miranda / divulgação TV Globo

 

Tereza vai se descontrolar outras vezes — como numa ríspida conversa com Marcos, na qual dirá que não deixará o ex-marido defender Helena. Na frente da filha, porém, ela se mostrará uma verdadeira fortaleza.

— Tereza fica totalmente destruída por dentro com tudo que está acontecendo à filha, mas não pode deixar e 
ser forte diante dela — explica o autor da novela: — Ela sabe que Luciana precisa de seu carinho e de seu apoio agora mais do que nunca.

Veja aqui o diálogo completo entre Helena e Tereza:

TEREZA — Conversei com a minha filha e ela me contou o que aconteceu na viagem. (Helena vai interromper, mas Tereza não deixa) Calma. Só estou começando a falar. Ela me contou das discussões, brigas, desentendimentos que tiveram. Não penso que em todos esses momentos, ela teve razão. Sei que muitas vezes ela é insuportável, como toda jovem mimada, que sempre teve tudo que quis. Mas eu avisei você que seria assim. Lá, no aeroporto, na hora que iam viajar, eu falei como era a minha filha e pedi para que você tomasse conta dela. Falei que ela não era uma criança a quem se precisa dar a mão para atravessar a rua, mas uma criança por dentro. Insegura e meio passional, como todas as mulheres. E que você, que também é jovem, mas é experiente e está nessa estrada e nessa vida de modelo há bastante tempo, tinha que ser tolerante, tapando os ouvidos pra toda e qualquer bobagem que ela pudesse dizer. Mas não. Você, partiu para o enfrentamento. 

HELENA — Depois de muita tolerância. 

TEREZA — Devia ter dito pra mim que a sua tolerância tinha limites e que era pavio curto. Mas não. Bancou a forte. A que assume uma responsabilidade capaz de levar até o fim. E com isso empurrou minha filha para a morte. Porque se ela estiver mesmo definitivamente incapaz de uma vida normal, quem sabe ela mesma não há de preferir estar morta? E enterrada? 

HELENA — Eu não penso assim. A vida é tudo. 

TEREZA — Porque não é você, nem filha sua. Porque não sabe o que é ver morrer os sonhos tão cedo na vida! Tão cedo perder a esperança! Não conseguiu tudo que quis? Não saiu da pobreza para o conforto? Não subiu todos os degraus que estavam diante de você? Não superou o preconceito contra a sua cor? Não chegou lá em cima? Não conseguiu um casamento com homem rico? Não tem tudo que quer? 

HELENA — Não consegui um casamento, Tereza. Casei por amor. E amo e respeito o meu marido, como qualquer mulher. 

TEREZA — Petulante. Sempre foi petulante. Não vou me esquecer da sua cara na suite da minha casa em Búzios, vestindo-se para casar com o homem que foi meu marido! Na minha suíte! E depois, na minha casa, jogando no meu rosto, que ela era, a partir de então, a sua casa! E que quem devia sair era eu! 

HELENA — Não foi da maneira que você está falando! 

TEREZA — Foi da maneira que eu entendi. E isso é o que interessa! 

HELENA — Não é preciso que você me encha de culpa, porque eu já fiz esse trabalho por você. Estou sofrendo e me culpando o tempo todo! Sem um só segundo de descanso! Trocaria de lugar com a Luciana, se isso fosse possível. Daria a ela as minhas pernas e os meus braços para que ela voltasse a ser inteira, perfeita! Não fui bastante madura, acabei me envolvendo e não me controlando. Estou pagando por isso. 

TEREZA — É tudo que você pode me dar: a sua culpa e seu arrependimento. Mas isso é muito pouco perto do que eu estou sentindo. Do que a minha filha está passando. E estamos só no começo, só no primeiro dia! E só Deus sabe o que ainda está por vir. E se vamos aguentar. E se ela vai aguentar. Fique com a sua culpa e o seu arrependimento. Se fez um aborto para conseguir um contrato, não devia se ofender. A verdade acaba aparecendo mesmo, a gente queira ou não. Se subiu na vida a partir desse contrato, subiu mesmo a partir da morte de uma criança. Não devia se sentir tão ofendida com a verdade. 

HELENA — Eu sei. 

TEREZA — Fique agora com esse segundo crime na consciência. E tente ser feliz com eles. 

HELENA — Sei que não vai me perdoar, nem agora, nem nunca, mas é tudo que eu posso fazer neste momento: pedir perdão a você. De joelhos. 

E ajoelha-se, sincera e comovida. E Tereza, num gesto súbito, dá uma sonora bofetada em Helena, que apenas fecha os olhos com a dor. 

TEREZA — Estou lhe devolvendo a bofetada que você deu na minha filha!

Sera o fim de Gustavo, quer Dizer, Primo Vicente?

 

Na intenção de bisbilhotar a casa de Rose (Camila Pitanga), Verônica (Paola Oliveira) presenteia os gêmeos Tarcísio (Land Vieira) e Glória (Raquel Fuina) em seus aniversários. Alegando que nenhum outro funcionário da empresa recebe esse tipo de tratamento, Rose os faz devolver o que ganharam. Hoje, em “Cama de gato”.

E no meio de tudo isso, dessa tragédia, tenho que dizer a você que estou grávida. Que vamos ter um filho.

 

 

“Viver a vida” promete fortes emoções entre o casal protagonista. Em meio à tragédia de Luciana (Alinne Moraes), Helena (Taís Araújo) terá uma dura conversa com Marcos (José Mayer). Ela vai confessar que fez um aborto no início da carreira de modelo e imediatamente depois conta ao marido que está grávida.

HELENA: Sei o que você está passando. O que toda a família está sofrendo. E, acredite, sofro muito também. Cheguei ao limite das minhas forças, mas não tinha o direito de agir como uma adolescente. Está me ouvindo?

MARCOS: Claro.

HELENA: Nunca escondi nada de você, mas não me senti obrigada a contar coisas do meu passado. Nunca menti. Mas deixei de contar que no começo da minha carreira, para não perder um contrato, fui pressionada a abortar. E abortei.

Bebendo uísque, Marcos se mantém frio.

HELENA: Nunca me perdoei por isso. Como também jamais vou me perdoar da culpa que tive no acidente da Luciana.

Ele faz um gesto afirmativo com a cabeça.

HELENA: Ela me atirou no rosto o aborto! Eu perdi o controle e impedi que ela fosse comigo no carro.

Ele balança a cabeça negativamente.

HELENA: E no meio de tudo isso, dessa tragédia, tenho que dizer a você que estou grávida. Que vamos ter um filho.

Aí ele ergue a cabeça e olham-se fixamente.

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]